quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Razões


E o que é a vida, uma ilusão.
Ou um sem sentido no caos,
Uma nau pra lugar algum.

Ávido na sofreguidão dos sentidos
Do eu ambíguo de poeira e sal.
O que afinal que me prende,
Quem me compreende, motiva.
A ânsia de tua procura, razão 
E loucura, satisfação, bem estar.

O que mais que procuro, senão
O que em ti encontro e me encanto.
E se não encontro, desespero, quero.

E o que mais espero nessa vida
Essencialmente trágica, senão,
A mágica presença das estrelas,
Uma ilusão que seja pra me apegar.

No mais é só tédio, tristeza e solidão
Essa vida que só vale pela emoção.

Fábio Murilo, 10.01.2017

15 comentários:

  1. Vinnië Rodrigues11 de janeiro de 2017 04:51

    realmente sobre o nome do seu blog estaria morrendo seu vocÊ não tivesse mantendo ela viva por aqui

    abÇ


    https://vinnierodrigues.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Helena G.S.R11 de janeiro de 2017 08:33

    Não vale a pena nem mesmo trocarmos emoções intensas e desordenadas por tudo o que é seguro e confortável. Certamente, a vida perderia toda a sua graça.

    Beijo.
    Blog: *** Caos ***

    ResponderExcluir
  3. Sempre lindos os teus poemas. Parabéns por mais uma pérola.

    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. ''No mais é só tédio, tristeza e solidão
    Essa vida que só vale pela emoção.''


    Nossa, que poema lindo!
    Muito bom ler, essa pérola! Vou ler de novo!

    Beijo, poeta!

    ResponderExcluir
  5. Sim , a emoção da vida vale a pena.

    abraço

    ResponderExcluir
  6. É a emoção que dá cor e alegria à vida.
    Lindíssimo poema
    Um abraço
    Maria

    ResponderExcluir
  7. Todo poema tão lindo, tão emoção!
    Mas é verdade, Fábio, há períodos assim, 'tão tédio, tristeza e solidão... Essa vida que só vale pela emoção'.

    Muito lindo!, veio a mil nesse 2017, menino de ouro!
    Beijo! Gosto desse teu cantinho poético.

    ResponderExcluir
  8. A Vida vale pela emoção sim! Mas já pensou bem , que tudo provoca algum tipo de emoção?
    O que quer dizer que, a vida está sempre valendo a pena.
    O tédio existe sim! Mas logo a seguir vêm momentos de ócio.
    há que estar atento, e sentir a intensidade de cada momento ...
    Gostei muito do poema Fábio.

    Após um ano de ausência por estes lados, estou de volta.
    Bom fim de semana...:)

    ResponderExcluir
  9. Meu jovem poeta, teus versos a profundidade do tempo. Tu tens talento.
    Um abraço daqui do sul do Brasil.

    ResponderExcluir
  10. Que poesia hein Mestre! Minuciosamente bela e bem construída. Abrilhantada pela formosa música de fundo! Tudo casa, meu amigo!

    "Ávido na sofreguidão dos sentidos
    Do eu ambíguo de poeira e sal." - Mais eloquente impossível.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  11. Vivo muito de emoções, mas são tão passageiras. Que esse vazio o chamo de tédio.

    Beij
    http://minhaformadeexpressao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Também penso que viver só vale se for pela emoção, pela razão não.

    Como sempre, belo poema e reflexão.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. o coração repleto de emoções!
    abraço profundo.

    feliz 2017.

    ResponderExcluir
  14. Meu caro Fábio, tu és um Augusto dos Anjos moderno; Augusto dos Anjos menos trágico, diria até otimista, mas um bom poeta.
    Um abraço daqui do sul do Brasil.

    ResponderExcluir
  15. Olá Fabio um intenso poema.
    Para mim,
    A vida é um enigma de amor
    Que escorre inspiração.
    E de tanto amor, adoeceu gravemente
    Por não saber ser decifrada.

    Abraço.

    ResponderExcluir