sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Grávida


O ventre (a)crescido
de uma mulher grávida
São nove meses passando.
Consumindo, consumando,  
A espera, a expectativa. 
É o laboratório humano 
Onde a química do corpo 
Trabalhando ativa, 
Vai tramando, modelando, 
Dando vida
Ao milagre da vida. 
A semente escondida, 
Chamada gente.

40 comentários:

  1. Olá.
    Bom dia para você. Bom dia para mim.
    Mais um fim de semana. Descanso demais para uns. E a continuidade da vaidade para outros. E o restauro do humor para todos nós, a final, o não humor deve causar lesões ao fígado. Portanto, na vida o mais importante é viver, queridos.
    Bom fim de semana, para você minha amiga e meu amigo.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desejo o mesmo, José Maria de Sousa, obrigado.

      Excluir
  2. Bom dia Fábio Murilo!

    Sem palavras para o teu poste! Divino

    Bom Sábado

    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. O ventre, esse tão bem equipado laboratório biológico no qual todos os elementos químicos essenciais se entrelaçam harmoniosamente com pinceladas de amor (assim se espera pelo menos) para dar origem a um novo ser.
    Lindo poema, Fábio, sobre esse estado de verdadeira graça que é uma gravidez e o nascimento de um filho.
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a renovação da especie,é a a renovação. Nossa continuação no filho.

      Excluir
  4. Imagino que suas leitoras, que são mães, irão concordar comigo quanto ao fato de você ter "personificado" muito bem em palavras essa passagem da vida feminina que é tão indescritível. Parabéns meu caro, você sempre muito bom no que faz.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Fábio.. muito bem descrito.. tb fiz algo muito parecido.. a mulher merece sempre pelo ato tão lindo que proporcionam.. abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Samuel, claro que merecem. Obrigado!

      Excluir
  6. Fábio,

    Este poema é bom de ser publicado também no dia das mães. Gostei bastante do jogo de palavras e rimas.

    =)
    Marcos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo Marcos, pode ser. Obrigado pelos elogios e visita.

      Excluir
  7. Legal! Sempre fui fascinado pela gestação/geração da vida. Acho lindo, incrível é também assistir/participar de um parto. Enfim, sou suspeito pra falar uma vez que escolhi como destino ser médico obstetra. Ainda não sou, mas se Deus quiser e tudo der certo conseguirei vencer mais uma etapa do ensino e logo mais serei residente nessa área tão linda e singela da medicina. A etapa seguinte, mais adiante, será o título de especialista em fertilização humana.

    "Estou plantando a semente,
    Já estou no meio do caminho
    Quero acompanhá-los no ventre
    Com bastante amor e carinho!"

    http://mente-hiperativa2.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inclusive acabo de escrever também sobre a gestação. Chama-se : à espera de uma melancia. Abração

      Excluir
    2. Já fui lá, conferi e gostei, Dr. Senna.

      http://mente-hiperativa2.blogspot.com.br/2014/02/a-espera-de-uma-melancia.html?showComment=1392832930477#c8011493614189156585

      Excluir
  8. Meu caro poeta Fabio Murilo, quanto mais venho aqui e leio teus poemas, mais me encanto com o poder de tuas palavras, a forma como lindamente as une, e transforma em mais beleza o ato do nascimento, como dizes:
    'Dando vida
    Ao milagre da vida'.
    E com este poema ajudas na minha teoria, em que a mulher tem super-poderes, o mais mágico, é poder de dar a vida. Sempre muito bom estar entre teus poemas, beber nesta fonte ilumina minha vida. Obrigado meu poeta.
    ps. Carinho respeito e abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há de que, sempre muito gentil Jair. Obrigado pelas atenciosas visitas.

      Excluir
  9. No jogo de palavras se fala de factos sérios e divinos.
    Adorei ler

    Cumprimentos
    ...................
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  10. Esse é o mais lindo mistério da vida e nunca teremos a capacidade de entendê-lo completamente. Só nos resta mesmo amar a criação e admirá-la. E escrever versos de amor para homenagear a vida. E pensando bem, pra que entender essa sincronia tão perfeita?
    Mandou bem, hein, menino de ouro!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  11. O maravilhoso poetizar..entre a realidade e o sonho do amanhã feliz!!abraçosss

    ResponderExcluir
  12. É o milagre da vida!!!!
    beijos garoto sumido,rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oxi, mas eu achava que tinha ido lá? Não seja por isso, vou de novo! rs... Beijos garota!

      Excluir
  13. Você conseguiu sintetizar poeticamente a gestação. A mulher não só carrega um novo ser dentro de seu ventre, como é nele onde tudo se processa quimicamente.
    Parabéns e abraços
    Até outro dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi? Não foi intencional, que bom! Obrigado, Vall Nunnes.

      Excluir
  14. Não há nada mais belo nem tão repleto de sentido quanto a gestação. Belo poema!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você, como mulher, pode dizer isso melhor que ninguém, Gabriela. Obrigado.

      Excluir
  15. Fabio,

    hoje vim deixar um convite para que conheça e, se desejar, acompanhe um espaço novo onde estou postando com mais amigos, pois o Infinito Particular deixou de existir. Perdi as configurações e não consegui mais recuperá-las.
    Espero uma visita sua neste blog que é de excelente qualidade e bom gosto!

    http://refugio-origens.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lamentável Malu, tá passarei por lá. Obrigado.

      Excluir
  16. Oi Fábio! Que coisa mais linda!
    Perfeito :)))
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  17. Pode a ciência explicá-lo de todas as formas, mas será sempre um milagre: vida. Belo! Abraço.

    ResponderExcluir
  18. Uma das maiores belezas dessa vida. Maternidade.
    Sou muito jovem para essa dádiva, mas fico encantada quando vejo uma gestante pelas ruas da cidade. <3

    ResponderExcluir
  19. Boa noite, Murilo. A maternidade é um milagre divino, uma bênção, uma felicidade indizível.
    Gerar outra vida é uma responsabilidade e um ato de amor.
    Nem sempre as mulheres estão preparadas para a chegada de um novo ser, há que se ter maturidade para pensar em se ter um filho, pois não é um boneco que se faz o que quer, ou deixa de lado quando enjoa-se de brincar com ele.
    Muitas adolescentes iniciam sua vida sexual cedo demais, e sem programação alguma ou a estrutura de uma família, engravidam.
    Há as que cuidam e amam o novo ser que está a caminho, mas outras, até mesmo mulheres experientes, jogam seus filhos fora, abandonam por não quererem ou não terem condição para criarem.
    Que deixasse para adoção, mas nunca sem proteção.
    Enquanto muitas mulheres querem e não tem a dádiva de serem mães biológicas, pois parir não é o que mais importa, milhares nem se importam com isso.
    Portanto, a bênção que Deus reservou para nós mulheres precisa ser levada muito à sério.
    Mãe é um vínculo eterno, assim como filho.
    Beijos na alma e paz!
    Excelente fim de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já presenciei um caso assim Pat. Estava no ponto de ônibus e ouvi uma jovem, visivelmente gravida, perguntar para outra se determinado chá era bom para abortar. Sugeri que, em vez disso, ela tivesse o filho e o desse para adoção, ao que ela me respondeu: Depois dele nascer, não vou ter coragem. Estranho critério. Obrigado poetisa.

      Excluir