sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Soneto de Fidelidade (Vinícius de Moraes)

6 comentários:

  1. Nem que fosse apenas para escrever este belo soneto já teria valido a pena Vinicius ter nascido...:-) Mas como a sua sensibilidade e criação foi imensa, aqui estamos nós sempre a usufruir do seu enorme talento.
    Muito bom!
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Incrível Laura, comentei mais ou menos isso, essa semana com uma amiga. Disse eu, bastaria ter escrito unicamente esse belo soneto, mais nada, para entrar na posteridade. Sua obra prima, na minha opinião e um dos meus preferidos, sei de cor.

      Excluir
  2. A sério?!...Estamos no mesmo comprimento de onda, então...:-) Curioso!
    xx

    ResponderExcluir
  3. Este Soneto de Vinícius de Moraes é muito bom !

    Bela escolha amigo Fábio !

    Ótima apreciação !

    Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir