sexta-feira, 8 de novembro de 2013

A Moça do Ponto de Ônibus

 
Tua beleza é inerente,
E ser bela é um exercício
Que cumpres espontaneamente.
E pouco acrescenta a tua beleza
Esse batom inútil,
Pois sendo realmente bonita,
Mais bonita não ficas.
E mesmo vestida de trapo,
Tua beleza se preservaria,
Exótica, como uma flor no charco.
Tua beleza em fogo marcada,
Rês estigmatizada.

Fábio Murilo

58 comentários:

  1. Boa noite Fábio Muril
    Tenho que concordar com o teu poema.. Quando a "mulher é bonita" não são as pinturas que a vão fazer mais bonita..
    Por vezes só piora, lool
    Deixo um beijo e bom fim de semana

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Cidália, quando a mulher é bonita, continua bonita, mesmo vestida em sacos de batatas.

      http://mundodaisa.fashionblog.com.br/240253/Ela-e-bonita-ate-vestida-com-um-saco-de-batatas/

      Excluir
  2. Como sempre mandando super bem em seus poemas.
    Ótimo fim de semana, até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, amiguinho conterrâneo, te procurei, tava com dificuldade em encontrar o endereço do teu blog, agora achei, guardarei nos favoritos, jamais esquecerei. Obrigado pelo elogio, deixou-me lisonjeado.

      Excluir
  3. Lembrei instantaneamente daquela música do Leoni: "são só garotos, perto de uma mulher..."
    Lindo Texto Fábio, és ótimo!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Nato, perto de uma mulher são só garotos. Poderosas, terrível poder de sedução. "Mulher, até o nome é sensual".

      Excluir
    2. Uau que descrição !!!!!!!!!
      Realmente...
      Essa música é forte nas palavras ! Demonstra mesmo a força da mulher !

      Excluir
    3. Hum.... Muito espertinha você, Fernanda!!! Usando contra mim minhas próprias palavras. (rs...).

      Excluir
  4. O ponto de ônibus sempre nos leva a vários pensamentos. O Fred Caju me passou o link dessa animação que acho que tem a ver com o contexto da sua reflexão de ponto de ônibus: https://www.youtube.com/watch?v=Ibow_K7fqF0

    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeita Larissa, interessante o curta, o ponto de ônibus frequentemente surpreendente, é gente indo e chegando com seus conflitos, suas duvidas, sua emoções. Obrigado, beijos!

      Excluir
  5. Olá, bom dia, tudo bem.

    Quero te desejar um fim de semana, bom.
    Bem bom.
    O tempo é de luzir. Então cada um de nós que busquemos o nosso Sol.
    Ele paira, e nos convida ao aquecimento do cotidiano. Não por que queremos, mas por que o tempo, exige em exposição, que cada um de nós, busquemos o nosso lugar. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso ai José Maria, todo domingo saio de casa, o sol, o tempo exige. Saio por ai, pra não criar raízes, não me tornar refém do cotidiano. Obrigado.

      Excluir
  6. A beleza verdadeira não necessita de "acessórios".
    Lindissimo.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. È isso ai, Maria Rodrigues, você mais que ninguém, como mulher, pode asseverar isso. Obrigado.

      Excluir
  7. Interessante este poema...!
    Pintar a cara é sempre uma forma de disfarce...no entanto todos nós sabemos que nem todas as mulheres têm essa beleza facial indiscutível, então existem formas de dar "um ligeiro toque". Existem pequenos truques de maquilhagem com os
    quais algumas mulheres se sentem bem, mas realmente dar um "ligeiro toque" é
    uma coisa e mascarar é outra. E existe realmente mulheres que exageram!
    Eu , por exemplo, só dou um toque nos meus olhos em ocasiões especiais, não no dia a dia, até porque me falta tempo e paciência. Claro que o facto de dar um
    toque em ocasiões especiais não me torna mais bonita,eu é que tento convencer-me que sim...LOL
    Baton e pastas na cara é que definitivamente não uso.
    Gostei, Fábio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi apenas uma frase de efeito tipo Dorival Caymmi a sua Marina: "Marina, morena, Marina, você se pintou. Marina, você faça tudo, mas faça um favor, não pinte esse rosto que eu gosto que eu gosto e que é só meu, Marina você já é bonita com o que deus lhe deu". Na natureza, os machos das espécies, são os mais enfeitados, que o diga os pavões, mais ornamentados impossível. Batom, lápis nos olhos, tinturas... todo um arsenal da beleza a disposição de vocês. (rs...).

      Excluir
    2. Entendo, Fábio. Não conhecia essa do D. Caymmi...
      Já é tarde aqui.
      Boa noite.

      Excluir
  8. Bela inspiração! Amei :) Para olhos de poeta... alma, coração e a poesia se completa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Joana, a beleza salta aos olhos, digo, a beleza física e espiritual. Se possível, as duas coexistindo no mesmo corpo sem conflitos, é o ideal.

      Excluir
  9. A beleza passeia ao nosso lado mas não costuma ser notada por pessoas pouco atentas que se apegam apenas à formas e marcas. Fechemos os olhos para contemplar a verdadeira beleza. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inspirado cara. Viu também a moça do ponto de ônibus (rs...)? Obrigado!

      Excluir
  10. Valeu a pena a visão, pois inspirou-o a escrever lindos versos. Existe uma beleza natural nas pessoas, independente dos padrões pintados pela mídia. As mulheres realçam alguns detalhes e, sem excessos, isso contribui para evidenciar/camuflar (rss) alguns traços. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Marilene, nada contra, esse recursos a serviço da beleza, como falei foi apenas uma frase de efeito, para evidenciar a beleza da circunstancial musa. Hoje até as Miss estão se valendo de tais recursos. Obrigado.

      Excluir
  11. Que beleza, que delícia de moça!

    Batom, desnecessário (eu não o dispenso). Compreendo. Depois, toma o sabor, e logo, logo, o mesmo desaparece, porque ficou na sua boca, também.

    Não acredito que não goste de provar e tirar batom, hein?

    A POESIA NÃO ESTÁ MORRENDO, PORQUE VOCÊ E OUTROS NÃO O PERMITEM.

    Beijos da Luz.

    Luzes e Luares. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita, parece que ataquei o melhor amigo da mulher, esse indispensável e inseparável companheiro, o batom, que invejável passeia nas bocas.. (rs...). Com batom, sem batom, tudo é bom. Obrigado Luz!

      Excluir
  12. Poema maravilhoso...Adorei ler

    Linkei o seu blogue no pensamentos

    Bom e feliz Domingo.
    *******
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Ricardo, adorei seu poema dessa semana. Valeu pela gentileza.

      Excluir
  13. Boa tarde Fábio.. nessa tu me ganhou rss ainda to devendo uma para as tatinhas que esperam onibus.. poesia é isso.. não importa o lugar e quem esta nele.. a gente faz pq a gente sabe fazer abração meu amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso ai, Samuel. A inspiração não avisa quando vem. Obrigado.

      Excluir
  14. Interessante, você pega os temas mais cotidianos junta com segredinhos nossos e faz essa lindeza! Mas você tem certa razão, muitas vezes um batom estraga uma beleza pura...

    Abraços, moço! rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É... Baton polêmico. (rs...). Obrigado Tais.

      Excluir
  15. Bem, não recebeu a loira, que eu enviei.

    Aguardemos!

    ResponderExcluir
  16. Oi Fabio..
    Vc ainda não me conhece, mas acabei de chegar do ponto de Ônibus, eu sabia que dia alguém faria uma linda poesia pra mim rs, brinks, vim conhecer seu blog, e gostei muito de tudo por aqui.

    Voltarei!

    http://dependentwomen.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah... Pra mim era a própria. É não?... (rs...). Obrigado Mary.

      Excluir
  17. Quem exerga a alma nçao precisa enxergar
    o fisico. A alma tambem se enfeita.
    Lindo poema, diferente do que estou acostumada a ler aqui.
    Um ótimo dia com Um beijo de baton, hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... Sim... Muito bem! Quem enfeita a alma também dá beijo de batom! kkkkkkkk... Essa Garota Dourada é uma onda. Gosto. Obrigado.

      Excluir
  18. Gostei! :)

    http://catsandties.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Obrigado pelo seu comentário :)

    http://catsandties.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Fábio, aprecio demasiadamente tua sensibilidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo ouvir isso. Jovem poetisa, artesã das palavras. Obrigado.

      Excluir
  21. Fábio!

    Vim te desejar um bom dia...

    Bjos com gostinho de batom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra que fui mexer com o Baton, kkkk.... Obrigado gentilíssima Mary, tenha um excelente dia também.

      Excluir
  22. A beleza exige naturalidade. De nada adianta os batons inúteis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, natural antes de qualquer coisa, antes dos artifícios.

      Excluir
  23. Simplesmente amei!!! Q dom maravilhoso. Deus continue abençoando sua mente com essas inspirações...
    Já estou seguindo, retribui???

    http://debby-beleza.blogspot.com.br/

    Bjinhos!

    ResponderExcluir
  24. Quando a beleza encontra a poesia.

    beijos.

    ResponderExcluir
  25. Olá Fábio!
    Com versos você diz o que meu sempre repete: mulher que muito se ajeita é feia.
    Pois a beleza está na essência e não nos acessórios.
    Até logo!

    http://vallnunnes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho valido se valer de certos recursos Vall, para realçar a beleza. Até o uso dos silicones, porque não, para compensar, para acrescentar, para modelar e esculpir. É claro que há as que naturalmente já nascem dentro do padrão de beleza dominante de determinada sociedade. Mas há de sempre se usar o bom censo, como em tudo na vida. Obrigado.

      Excluir