sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Só Risos


Teu sorriso talvez seja
Um impulso adolescente,
Um grito urgente
De um tempo perdido.

Teu sorriso encantador
Causa-me mais dor que prazer,
Uma vontade de ser
O que jamais poderei
Ou poderia ter sido.

Teu sorriso vasto, farto,
Como se fosse fácil sorrir
Nesse mundo áspero,
De faces fechadas
Que não dizem nada,
Como se alguma coisa
Houvesse de acontecer...

Teu sorriso lúdico, bonito de ver,
É um sol portátil, é um farol,
Sobreviveria sem você.

Fábio Murilo, 29.01.2011

62 comentários:

  1. Boa noite amigo Fábio !
    Que direi eu deste teu poema ?
    Me vi nele... gostei de ler- te nesta noite !
    Um poema suave, com uma bela doçura em palavras.
    Sorrir é bom, e alegrar os outros com o nosso sorriso é ótimo !!!

    Beijos em seu coração, da sua amiga Fê!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O sorriso se é natural é o ideal. Alegria contagia, ajuda a fazer amigos Fê. Obrigado.

      Excluir
  2. Bom dia!!
    Meu querido que esse sorriso lindo continue
    deixando vc sempre assim......lindo como sempre
    e poetizando para nos alegrar eu adoreiiii

    Bom final de semana!!

    . (.") .
    . /█\..└──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  3. Os sorrisos transmitem todas as portas abertas
    que as vezes não percebemos. Saudade
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Um belíssimo poema, nem sei se acerca de um determinado sorriso que ficou guardado para sempre em ti, se acerca do que significa qualquer sorriso lindo de uma adolescente bonita...
    Os sorrisos podem ser belos, quanto a mim, em qualquer idade, só que são
    belezas diferentes, porque o sorriso da adolescência não está carregado de mais
    nada, e o próprio olhar geralmente o acompanha, é um sorriso aliado à própria beleza leve da juventude,uma leveza que pode deixar de existir com a passagem dos anos e tudo o que trazem de bom e de mau..
    Não é fácil sorrir neste mundo "áspero", mas é bom e desejável que os jovens consigam fazê-lo com essa intensidade de "farol".
    Engraçada essa ideia de farol em relação a um sorriso... no entanto se esse sorriso tanto ilumina melhor mesmo levá-lo como "sol portátil"...:-)
    Gostei muito.
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belo comentário, o poema agradece. Na semana passada vinha reparando no ônibus alguns olhares e também conclui isso, Laura. Os olhos não envelhecem. Embora o cansaço dos anos, os desenganos, as ilusões perdidas nos anos dourados da juventude. Os olhos não envelhecem, e acrescentaria tua observação, os sorrisos também. Obrigado, pelas sempre oportunas, palavras.

      Excluir
  5. Bom dia Fabio o sorriso de orelha a orelha é sempre bem vindo.. o sorriso nos revela e nos eleva sempre abração amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, grande bardo! É isso, você melhor do que ninguém pra falar sobre. Bom domingo, amigo.

      Excluir
  6. Nada como sorrisos para iluminarem as vidas...sorrisos simples e verdadeiros fazem toda a diferença...

    Muito legal!

    []s

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simples assim, como a boa surpresa inesperada e uma festa improvisada. Obrigado Rafael.

      Excluir
  7. Que delícia de poema! Amei!
    Obrigada pela visita! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Joana. Muito gentil. De nada. Beijos.

      Excluir
  8. Boa tarde, Fábio. Lindo o seu poema, mais leve, descontraído, mas com uma certa nostalgia e crítica.
    Ficou excelente!
    Nem a rispidez do mundo foi capaz de mudar o semblante da bela moça, que certamente possuiu em si encantos e amores, quer pela vida, pela felicidade, pela dádiva de existir e abrilhantar o Universo com essa paz vinda do seu sorriso.
    Não tem como esquecer quem sorri de modo farto, é uma lembrança mais forte do que o tempo, quer na realidade ou na criação.
    Os sorrisos não tem idade, em qualquer ciclo da nossa vida pode ser fascinantemente acolhedor!
    Parabéns!
    Tenha um domingo de paz!
    Beijos na alma e fique com Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre uma pitada de critica, né Pat, tem jeito não. (rs...). Obrigado poetisa das coisas da alma, sentimentais.

      Excluir
  9. Fábio, viu só?! Voltei, as palavras não me deixaram...

    E sobre esse post...
    Que Senhora poesia!
    Lindo ainda é pouco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem pense nisso! Não nos deixem órfãos do seu talento, jovem poetisa. Obrigado pelas palavras elogiosas, vindas de você, malabarista das palavras, é uma honra. Obrigado.

      Excluir
  10. "Teu sorriso lúdico, bonito de ver,
    É um sol portátil, é um farol..."

    Poesia linda Fábio... É nostálgica e sentimental!

    ResponderExcluir
  11. Olá, Fábio, lindo poema! Sei do sorriso que você fala, é contagiante, é um raio de sol. Por vezes tenho me deparado com gente que não tem o hábito de sorrir, não foi educada para sorrir, apenas mostra os dentes. Constrange. A musa do seu poema dá para sentir que alarga um sorriso generoso. E como é bom ter um sorriso desses, não?
    Gostei muito!!! Desci um pouco seu blog, vou me arrumar por aqui, também.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso Tais. Interessante, a musa do poema, como diz, tinha um sorriso largo, generoso, acima de tudo natural. Consegui passar isso com palavras? Interessante. Obrigado.

      Excluir
  12. Esse sorriso, só risos para o mundo... misto de escárnio e alegria... lanterna para afogados...

    — Belo poema, Fábio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poderoso sorriso! Lanterna do Afogados, muito bom.

      Excluir
  13. Como foi gostoso ler esse poema hoje!! Só sorriso, muito lindo!!

    ResponderExcluir
  14. O que enriqueceu a postagem não foi apenas a imagem em movimento (lindamente escolhida!), mas muito mais o teu olhar para o sorriso.
    São belos os teus poemas! É admirável a facilidade que tens de transitar pelo mundo da Poesia, de enfeitar as palavras dando-lhes um sentido mágico, onde as emoções e os sentimentos ficam projetados também nos nossos sentires.
    Gostei muito daqui, e se permitires, vou voltar!
    Deixo uma estrela brincando no teu olhar, e o desejo de que as horas da semana te cheguem com milhares de sorrisos.
    Com carinho,
    Helena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa... Obrigado Helena, pelas palavras de elogio, por tudo que disse. Por exteriorizar com tanta naturalidade suas impressões. Importantíssimo o olhar de quem tá de fora, surpreendente. A composição ganha um outro sentido, nova roupagem e toma seu próprio rumo. Não só permito como faço questão que volte.

      Excluir
    2. Não consegui comentar em teu blog, pedia para abrir uma conta, fazer login, que pena.

      Excluir
  15. Fábio, acho os teus poemas lindos demais. Parabéns mais uma vez por tanta inspiração. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Antonio, sempre com muita gentileza nas palavras.

      http://apoesiaestamorrendo.blogspot.com.br/

      Excluir
  16. As faces estão, de fato, sombrias. Caminhamos apenas como mais um que ninguém nota. E um sorriso mostra vida. É capaz de alegrar corações. Você escreve de forma natural e com sensibilidade. Lindos versos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belo comentário Marilene, sintetizou muito bem! Obrigado pelas palavras elogiosas.

      Excluir
  17. Este sorriso é o que vem da alma....
    Um sorriso natural tem o seu brilho e é contagiante,
    Diferente do sorriso forçado , treinado para sorrir...
    Fábio agradeço sua visita e seu comentário
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Treinado prá sorri". Gostei disso, Maria Selma, obrigado.

      Excluir
  18. O sorriso de uma pessoa tem o poder muito grande de contagiar as demais...
    Acho lindo os olhos e o sorriso...
    Belo poema, Fábio. Grata pela sua ida ao meu blog. Um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Malu, bem observado, o sorriso e os olhos, janela e expressão da alma, diria, tem o poder de seduzir, de encantar, de cativar... Obrigado.

      Excluir
  19. Linda e inspirada poesia, Fábio, tenho certeza que aqui a poesia jamais morrerá, terá sempre o brilho perfeito de teu olhar de poeta, deixando em nós esse cativante sorriso, abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meri, muito obrigado pelo carinho das palavras,você é uma finura de pessoa. Muito gentil.

      Excluir
  20. Sorrisos são abraços, afagos, carinho de longe.

    bjs Fábio e obrigada pelos seus elogios e visitas... é um prazer sempre.Como retribuir? =)

    Att. Claudinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô conterrânea, é isso ai, de nada querida. É um prazer fazer e receber visitas, ainda mais, assim, tão pertinho, rs... Obrigado.

      Excluir
  21. Respostas
    1. Obrigado, Vanessa, o poema cumpriu sua função. Obrigado.

      Excluir
  22. Fico feliz em ver você sempre nas postagens
    do meu blog independente de ser
    postagens de grandes escritores ou meus
    rabiscos escrito de alma e coração.
    Por vezes gosto de escrever aquilo ,
    que grita meu coração ou aquilo ,
    que minha alma grita e meus olhos choram .
    A felicidade é um momento um estado da alma,
    por vezes estamos com nossos
    pensamentos focados em problemas ,
    que acabamos perdendo os momentos ,
    que seriam de plena felicidade.
    Um abraço carinhoso obrigada pela amizade e carinho.
    Beijos carinhos,Evanir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que nada Evanir estamos no mesmo barco,obrigado também por apreciar os meus. Sempre com palavras que elevam a alma.

      Excluir
  23. Oi Fábio boa tarde,gostaria de colocar uma poesia sua no chá da tarde,no Chá com poesia,gostaria que visitasse o blog se puderes,http://selmaris.blogspot.com.br/
    e se caso aceitar é só deixar a resposta juntamente com o link da poesia que você gostaria ser postada lá
    É uma página nova que postarei na próxima semana.
    É so clicar na imagem que está do lado direito onde tá escrito Chá com poesia e confirmar sua resposta
    Aguardo sua visita ,um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Maria Selma, obrigado pela lembrança e pela honraria, vou conferir.

      Excluir
  24. Olá Fábio lindo poetar,estou lhe seguindo.
    bjs
    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  25. Olá Boa noite, Fábio Murilo

    Venho através do Blogue Inspiração... Gostei tanto do que aqui vi, que estou seguindo.... Parabéns...
    Gostei muito do teu poema..

    Abraço
    Visita-me se quiseres.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que tenha gostado Cidália. Claro que eu quero que visite-me, não só quero, como faço questão. Obrigado.

      Excluir
  26. Sua escrita tem a leveza de um sorriso

    ResponderExcluir
  27. oi Fábio,grata pela visita...
    estou muito feliz em conhecer seu espaço e tb seu lado Poeta de ser....parabéns!!!!!
    amei sua poesia...um jeito diferente...gostoso de ler...faz um bem enorme nesses tempos de coisas tão amarradas...é um deleite...abraços...

    Zil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado cordial, gentilíssima e educadíssima Zil.

      Excluir
  28. Bela obra, Fábio!
    Um sorriso fácil, gracioso, é tudo na vida!
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Evadro, um sorriso assim faz milagres, abre as portas, as oportunidades. Obrigado.

      Excluir
  29. Boa Noite poeta amigo.
    Peço perdão pela demora em vir ao seu blog.
    Hoje pergunto pela segunda vez se poço postar um dos seus belíssimos poemas.
    Te desejo uma feliz semana beijos , Evanir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode!!!!!!! rs... Esse ai mesmo: Só Riso. Obrigado, Evanir.

      Excluir