domingo, 15 de outubro de 2017

Surpreendente


Mulher das surpresas, você é uma beleza
Que só vendo, tão imprevisível, igual
Certos livros que por mais que a gente leia
        Nunca é totalmente lido, sugerindo         
Releituras, assegurando edições futuras.
Cheia das novidades qual almanaque antigo,
Jornal matutino, versátil, animada, célere,
           Revista ilustrada, aclamado Best-seller.          
                                 
                               Fábio Murilo, 15.10.2017                             

6 comentários:

  1. Patrícia Pinna15 de outubro de 2017 04:09

    Bom dia, Murilo.
    A mulher é assim, sempre terá mais e mais a descobrir-se sobre ela e sua emoções.
    Uma lástima certos homens não possuírem essa arte.
    Veijos na alma.

    ResponderExcluir
  2. Tais Luso15 de outubro de 2017 09:17

    A classe agradece a lindeza do poema, realmente as descobertas são inúmeras!
    Não venha dizer que não estás criativo!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Cidália Ferreira15 de outubro de 2017 09:54

    Maravilhoso escrito!! Adorei

    Beijo, bom Domingo.

    ResponderExcluir
  4. Carmen Lúcia.Prazer de Escrever15 de outubro de 2017 11:23

    Exitem muitas mulheres assim o difícil é achar quem lhe dê o devido valor.
    Belas palavras Fábio Murilo.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde, Murilo.
    Bem interessante o retrato que pintou sobre a mulher.
    Existem as que são assim, e as enfadonhas, onde não sentimos prazer em sua companhia, o mesmo digo para os homens.
    Ficou bem bonito o seu retrato.
    Tudo de bom.
    Excelente semana de paz.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir