sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

A Escolhida


Eu não preciso de mais ninguém, convicto,
Eu tenho você que só tem a ver comigo.
Mais ninguém eu persigo, já encontrei.
Abri a porta certa, estacionei, ancorei.
Todas as certezas me dizem, todas as raízes,
Todos os sóis, faróis, sinais, placas, avisos,
Indicam os risos que até agora não tive,
Todo o alivio de horas infelizes que caminhei
Sob sol inclemente a vagar, descontente
De tudo e todos, de pessoas vazias, comuns,
Que gentilmente me ofereciam só o esboço
Do que, agora, sem esforço, naturalmente me dá.

Fábio Murilo, 15.12.2017

20 comentários:

  1. Tão bonito!! Adorei

    Beijinhos. Bom Fim de semana.

    ResponderExcluir
  2. Já estava sentindo falta dos teus versos! Que linda poesia, descreve o amor e do intenso desejo por uma pessoa amada.
    Tenha um excelente fim de semana!

    ResponderExcluir
  3. Belo poema amigo Fábio Murilo.
    Muito bom ser convicto e de já saber que alguém compartilha os sentimentos.
    Gostei muito.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  4. Tão bom na vida sentir-se assim com alguém:estacionado, ancorado, em porto de abrigo. Existem pessoas que são lar. Presenças que nos abrigam, protegem, guardam das trevas do mundo. São luz.

    Em tempos de ninguém é de ninguém, nada como ainda haver pessoas da diferença, que não temem expressar o mais bonito sentido de pertencimento.

    Que este sentimento tão bom, que te inspira os versos, seja sempre contigo.

    Meu Olá
    =)

    ResponderExcluir
  5. Muito bonito, Fábio! Venho te trazer meus votos de um feliz Natal e que 2018 te devolva os sonhos de ver nosso país melhor. É sonho, mas não vim para te desejar o pesadelo atual...
    Beijo, menino de ouro, até janeiro! Obrigada pelas partilhas, pelas visitas, pela amizade!
    Bela música, 'Bolero de Ravel', é dos vencedores!

    ResponderExcluir
  6. A bela ilusão dos apaixonados. Por sorte, a queda também gera poemas. Ou seja, a vida é poesia pura.

    ResponderExcluir
  7. Maravilhoso poema.
    Fábio, desejo-lhe um Feliz Natal e um Ano Novo repleto de saúde, alegria, realizações pessoais e profissionais, paz e amor.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  8. Belíssimo poema!
    Fábio, nunca deixes de escrever e encantar quem gosta de poesia..
    Desejo-te um SANTO NATAL e um MAGNÍFICO 2018. Tudo de bom, tá?!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Lindo e doce poema, Mestre!

    Sua inspiração é inesgotável.

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Poema muito belo e este sentir
    apaixonado com o encantamento
    da poesia, é sempre arte pura. ..
    Deixo o meu carinho nos votos
    de um Natal abençoado junto com a
    tua família e 2018 repleto de
    sonhos e realizações!
    Agradeço a nossa partilha de amizade
    entre nossos blogs.
    Sempre fico encantada com a sua
    arte poética, Fábio!
    Beijo e Abraço de Paz, amigo poeta.

    ResponderExcluir
  11. Belíssimo poema, parabéns.
    Caro Fábio, os meus votos de um FELIZ NATAL e de um PRÓSPERO ANO NOVO, com muita paz, saúde e amor.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  12. Passei para ver as novidades.
    Mas gostei de reler este teu excelente poema.
    Um abraço, caro Fábio.

    ResponderExcluir
  13. Você anda mesmo apaixonado, hein? Hahaha
    Dos últimos poemas que li seus, sinto presente essa paixão, idolatria por uma figira que representa o amor.

    Sempre escrevendo muitíssimo bem amigo! 😘

    ResponderExcluir
  14. Bom dia. Visitando e amando ler a sua maravilhosa poesia e outras ilustres publicações.
    .
    Poema: --- Sem ti ... Melancólico Castigo ---
    .
    Continuação de um Ano Novo feliz.

    ResponderExcluir
  15. Fábio, passei para desejar um excelente ano pleno de tudo de bom
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  16. Que a sua vida continue sendo essa
    poesia adoro ler td que escreve elogios
    sempre
    Bom dia 🌷,bom domingo!

    ResponderExcluir
  17. Olá Fábio, vim te ver e deixar meus votos de um abençoado e próspero 2018!
    Bjs no coração!

    ResponderExcluir