sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Atemporal


Não amadureça assim como os previsíveis frutos
Nas arvores tristes, cujas raízes, expostas, a terra
Já não mais atura, basta a feiura dos arbustos.
Mantenha a verdura, o frescor após o outono,
Mostrando que foi engano, que não se foi, voltou.
Na entristecida paisagem, onde antes havia flores,
Canto de pássaros, frescores, orvalho, clorofila.
Generosa sombra, ao redor, contornando, heras,
Renovadoras rosas fabricando a primavera.

Fábio Murilo, 30.11.2015

24 comentários:

  1. Um poema bem bonito com a frescura e beleza da Primavera.Amei!

    Beijo, bom fim de semana.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Que poema lindo, Fábio!

    Precisamos viver a vida com equilíbrio, sempre digo isso...
    A cada vivência nasce uma nova experiência...
    E de acordo com isso vamos amadurecendo!
    Mas o importante é isso! Isso que disse!
    Não podemos apodrecer...


    Beijos poeta amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso, menina-mulher-morena, disseste bem, com propriedade. Beijos!

      Excluir
  3. As vezes sinto-me triste ao pensar que amadureci muito rápido, e que deixei tantas coisas que poderiam ser agradáveis para trás. Mas não me arrependo, a vida está sempre se renovando em nós e nossos sonhos e objetivos. BRAVO, como sempre. ♥

    ACESSO PERMITIDO. ♥
    www.acessopermitido.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso, rapaz sério. Tá muito legal assim, falou com maturidade. Abraços!

      Excluir
  4. Tens razão, e o disseste de forma empolgante.

    ResponderExcluir
  5. Amadurecer não é desolador, desde que não se caia de podre, e se consiga manter esse frescor. Embora possa existir uma certa debandada de pássaros, no Outono, e a paisagem não apresente tantas flores, algumas aves e flores permanecerão.
    Muito belo, Fábio!
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito precisa sempre em suas apreciações. É mesmo, "todo adulto tem um pouco de criança". Já conclui por exemplo, que o homem cresce e no esporte permanece brincando. Obrigado, Laura.

      Excluir
  6. Amadurecer é preciso, porém, não podemos perder a integridade, a motivação,a esperança...
    Beleza, Fábio!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, Shirley, muito bem observado. Beijos!

      Excluir
  7. Como você mencionou, Fábio, caem as folhas no outono, tudo fica sombrio, não muito bonito, talvez as folhas cobrindo caminhos e que perderão a cor amarelada ou alaranjada. Mas, mais tarde teremos outra paisagem: a de renovação. Assim somos nós, nas caídas e erguidas vamos trilhando caminhos, ora belos, ora turvos. Mas não será isso uma provação?
    Roubei essa rosa, achei linda.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, Tais. Ah, a rosa? Pode levar, até um buquê mereces,rs. Beijos!

      Excluir
  8. Que bela metáfora presente neste poema, Fábio!

    Amadurecer é preciso.. a melhor forma é dquirindo sabedoria com as experiências que a vida nos oferece, crescendo dia após dia..

    Um forte abraço

    ResponderExcluir
  9. É preciso florir a vida,
    na entrada ou na saída..
    o que amadurece cai do pé.
    então resta é aproveitar o intervalo.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, tava componho um poema, Garota. Bonito, beijos!

      Excluir
  10. Oi Murilo,
    A cada dia que passa nos renovamos em alguma coisa. Nossa mente não para de pensar e pensando agimos o que a vida nos apetece.
    Sempre haverá vida, mesmo se no chão nascer uma única rosa e esta irá amadurecer, mas muitos outros botões ressurgirão.
    Lindo
    Beijos no coração
    Minicontista2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentário inspirado, Dorli. Gostei. Beijos!

      Excluir
  11. Olá Fábio,

    Amadurecer é consequência natural da vida e condição necessária para o aprendizado e crescimento do ser humano. Amadurecer, mantendo o frescor, é uma arte, é atitude de quem sabe viver, de quem gosta da vida, de quem sonha. Um fruto que amadurece assim continuará viçoso e renovado a cada estação.

    Que bela flor!

    Lindo e muito bem inspirado.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Captou com perfeição a essência do poema, exatamente isso, Vera. Abraços!

      Excluir
  12. amadurecer é preciso.
    tudo faz parte do ciclo.
    um bom poema.
    bom final de semana.

    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É. Faz parte da vida. Obrigado, seja bem vinda!

      Excluir