sexta-feira, 25 de março de 2016

Motivação


A hora que você vier serei porto,
Serei louco de quebrar protocolos,
Adiar compromissos, atrasar horários.
Serei o que der na telha, motivado.
Festa fora de hora, fruto fora da estação.

Um reles cacto, como é que pode,
Sem aspecto nobre, sem valor, atenção,
Operar o milagre de abrir-se em flor.
Além de espinhos, também ser cor,
Sedosas pétalas ao calor de tua mão.

 Fábio Murilo - 21.03.2016

38 comentários:

  1. Bom dia

    Poesia sempre maravilhosa
    .
    Nesta quadra festiva em que a família se reúne, mais que não seja em pensamento, venho desejar uma PÁSCOA MUITO FELIZ, onde o amor e a fraternidade sejam as amêndoas presentes.

    Deixo uma amêndoa doce

    ResponderExcluir
  2. O amor opera grandes transformações, não é, Fábio?
    Lindo poema!
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  3. Por entre tantas mutações eis que então somos arrebatados por flores e espinhos.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  4. O amor tem dessas...Por mais poemas assim na minha vida. Adorei.
    Um abraço,
    http://juliet-in-crisis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Que lindo escrito..fez esse fim de tarde de domingo bem melhor =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo! Sei bem, fins de tardes de domingos são sempre melancólicos. Abraços!

      Excluir
  6. "Serei o que der na telha"; improvisos, coincidências, expectativas... essas coisas dão graça à vida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, falei assim, mas é pura verdade. Obrigado, Larissa.

      Excluir
  7. O teu poema demonstra tão singularmente que a motivação nos faz ser melhores e mais belos. Demonstra que a motivação nos eleva, nos abre as grades do conformismo e nos incita, ao mesmo tempo, ao desbravar e ao cultivo, mas também a ser a própria colheita; o próprio fruto. Ser como dizes, esse cacto, não só de espinhos mas também flor. Tudo porque o amor vem ao nosso encontro.
    Muito belo, Fábio.
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisa dizer mais nada... Obrigado, Laura.

      Excluir
  8. Lindo e verdadeiro! Motivação é o que nos impulsiona até nas loucuras! É vida, é ânimo, é o recomeçar!
    Beleza, Fábio, beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, Tais. Motivação é tudo. Beijos!

      Excluir
  9. Que lindo, Fábio!
    E existe algo mais impulsionador e motivador do que o amor? O amor, por si só, já induz a quebra de protocolos e, como o cactus, opera milagres.

    Adorei!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  10. Nossa, Fábio!

    Que Poema belo e grandioso na sua originalidade
    imagética, revelar a singularidade rara e preciosa
    do sublime, uma flor de cacto é tão especial e
    solar, pura luz!...
    Poema luminoso!!
    Abraço.

    Ps: Que pena que tu não escutaste a música...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também me chama a atenção essa flor, Suzute, acho cheia de significados. Abraços. Ah a musica eu escutei no Youtube. Abraços.

      Excluir
  11. A motivação é um dos principais motores da vida.
    Excelente poema, gostei imenso.
    Um bom fim de semana, caro amigo Fábio.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  12. Oi Fábio querido

    Seus poemas cada dia mais lindos.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  13. Obrigada pelo comentário Fábio! Sempre poeta e sempre rimando... Rsrs bjs.

    ResponderExcluir
  14. Oi Fábio
    Suas poesias são maravilhosas
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  15. A motivação nos impulsiona, ainda que os espinhos sejam sempre visíveis e as flores demorem a chegar. Muito belo, Fábio!

    ResponderExcluir
  16. Muito lindo,parabéns!
    Estou te seguindo no blog e gostaria que conhece-se o meu cantinho também. Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa... Gostaria imensamente... Mas, lá não aparece o link pra eu acessar, obrigado pela visita. Beijos!

      Excluir
  17. O amor sempre será a grande motivação da vida.

    Beijos poeta!

    ResponderExcluir