sexta-feira, 4 de setembro de 2015

A Inspiração


Tenho por você uma consideração
Extrema, uma ternura infinda,
Afeição tamanha, lealdade canina.
Hoje minha lira não fala outra coisa,
Delira, respira, rima com vida, convida.
Tão graciosas brotam as palavras,
Vistosas rosas no chão do poema.
Paginas e paginas a bater asas
De um livro sobre o mesmo lema.

Não mais os versos adversos, tristes,
Lamuriosos, de enfadonhos dramas.
Não mais oceano sem pérolas finas,
Solo estéril sem diamantes raros,
Espinhos ameaçadores sem flores,
Deserto sem oásis, sóis abrasadores,
Noites frias sem tardes crepusculares,
Humanidade que não vale a pena.
Não mais poemas que não sejas tema. 

Fábio Murilo, 03.09.2015

45 comentários:

  1. Poetizar é dar mais cor e encanto à vida,
    É externar os sentimentos mais velados.
    Deixar o sonho em versos ser transformado,
    E a emoção em estrofes ser traduzida.
    Belos dizeres meu amigo..... Te desejo um ótimo final de semana... Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com o que disse sobre o "poetisar" caro escritor. Obrigado pela gentileza da visita. Abraços!

      Excluir
  2. ... que poema lindo!
    Cada vez que venho aqui, fico maravilhada com tanta harmonia!
    O amor harmoniza tudo, as palavras obedecem a sua voz...
    E nos presenteia com belas obras, como essa sua!

    Beijos amigo! Até!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own... Quanta gentileza, que meiguinha essa menina! Obrigado visse? Rs. Um mimo de comentário. Beijos, Fê!

      Excluir
  3. Bom dia Fábio
    Olha, de tantos, este achei lindo de mais. Parabéns.

    Beijinhos e bom sábado.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Bravo, Fábio!
    É assim que se fala!
    Belíssimo poema!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, nobre poetiza. Honrado com o entusiasmo do comentário. Beijos!

      Excluir
  5. Sua poesia é sempre muito inspiradora para mim, caro amigo Fabio Murilo.
    Gostei muito, um abraço e bom final de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, gentil e educada, Maria Tereza, pelo amável comentário. Abraços!

      Excluir
  6. Olá, Fábio.
    Muito boa a poesia. Suas palavras sempre se encaixam de uma forma perfeita.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, jovem amigo. Poxa, bom saber. Abraços.

      Excluir
  7. Oi Fábio
    Adorei sua poesia
    Forte e bela no brilhante estilo metafórico.
    Beijos
    Dorli Silva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que observação legal! Somou e me estimulou, Dorli. Beijos!

      Excluir
  8. A inspiração vem
    de variadas formas,
    chega de mansinho
    se deita e escorre pelos dedos.
    Linda poesia.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso. Boa observação, garota, e obrigado pelo elogio. Beijos!

      Excluir
  9. Olá, Fábio! Quando alguém nos inspira, é impossível passar a ler a vida sem poesia. Lindo! Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bia. Que coisa linda disse, inspirada e inspirador, gostei imensamente! Obrigado, gentil, como sempre. Abraço!

      Excluir
  10. Bem, então hoje a inspiração poética está em alta! Tá um luxo! É bom essa pausa para o belo, o tranquilo, a paz, o sossego. Mas nessa vida... até quando?
    Qualquer tema que você postar, o ibope é alto!
    Beijos, um excelente 7 de Setembro... rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, centrada e objetiva, cronista. Tava precisando respirar um pouco a tempos, tomar um fôlego. rs. Obrigado pelo carinho, Beijos!

      Excluir
  11. Oi Fábio,
    Poema lindo repleto dela, a inspiração...
    Sim, ela é essencial e magistral esta tua construção
    imagética para ela:
    "Tão graciosas brotam as palavras,
    Vistosas rosas no chão do poema."
    Uma semana inspiradora!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Suzete, gostei das observações. Beijos!

      Excluir
  12. Boa tarde Fábio.
    Belas palavras, bela poesia que nos encanta e defina.
    Um mundo sem poesia é um mundo sem vida.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cecilia Amiga, obrigado, pelas amáveis palavras e visita. Volta outras vezes, gostaria. Abraços!

      Excluir
  13. Que doce poema, Fábio!
    Teus versos, tão carregados de sentimentos alegres, transbordam beleza e harmonia,.

    Tenha uma excelente tarde! Um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô, elegante, Vane, a quanto tempo! Obrigado pelo comentário, abraços!

      Excluir
  14. Fábio, meu querido, triste o fato que me narraste. Muitas vezes “erramos” tentando acertar com um gesto que nos parece, no momento, o mais apropriado. É impossível estar na mesma freqüência que estes meninos de rua que se drogam à falta de uma perspectiva de vida melhor. Qualquer gesto que se quer esboçar tem que vir com espontaneidade, assim como fizeste. Tu viveste o momento, e percebeu a ironia no tom de voz quando ele diz ao amigo:
    “Olha o que ele me deu? Pipoca... Pi-po-ca”
    Mas acredite, quando li a frase, chegou-me de uma forma diferente o comentário feito. É como se ele se expressasse com admiração pelo gesto, pois recebera um pacote de pipoca igual ao que você dera para a sua filha. Talvez ele tivesse pensado que estava recebendo a mesma atenção que fora dedicada a uma criança, e por isso tenha ficado surpreso. Talvez, meu amigo, não tenha sido ironia o que notaste no comentário dele, mas sim uma demonstração de encantamento e surpresa que ele, justamente por estar drogado, não soube manifestar com exatidão.
    Enfim, são estes acontecimentos que ficam a nos demonstrar como estamos distantes desse mundo onde tantas pessoas habitam, desvalidas da sorte, parâmetros das desigualdades sociais, jovens que cada vez mais engrossam estas fileiras de marginalizados. Como bem disseste, os abandonados, sem o carinho e proteção de uma família.
    É triste, amigo, muito triste mesmo!

    No teu poema de hoje chamou-me a atenção estes versos:
    “Não mais os versos adversos, tristes,
    Lamuriosos, de enfadonhos dramas.”
    Também tenho tentado, meu amigo, não catarsear nos meus textos o que me vai na alma, mas é tão difícil escrever sobre outros assuntos quando o tema de nossa vida está praticamente pautado em lamentos...
    Mas tenho conseguido fugir um pouco dessas lamuriações, sabendo que só me fará bem não me pautar nas lembranças dolorosas, e fará um bem maior aos amigos que me lêem, pois ninguém merece ficar lendo só coisas negativas (risos).
    Por isso gostei do tema do teu poema de hoje, que como sempre traz a tua marca genial, teu jeito próprio de poetar.
    Aplausos para estes versos:
    “Tão graciosas brotam as palavras,
    Vistosas rosas no chão do poema.”
    Magníficos!
    Como também o verso que encerra este belo poema:
    “Não mais poemas que não sejas tema.”
    Que bela a inspiração que chega pelas mãos da amada, para encher de poesia “Paginas e paginas a bater asas/De um livro seguindo o mesmo lema.”
    Gosto de estar aqui, meu querido, gosto muito de te ler, gosto muito de ti”
    Fica com um beijo no teu coração,
    Helena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amabilíssima, Helena, com que alegria recebo tuas visitas. Teus comentários feito com alma e coração, tua inesgotável boa vontade e cordialidade com todos. Muitíssimo obrigado, Beijos!

      Excluir
  15. Que lindo, Fábio, profundo!
    Particularmente prefiro a poesia movida pela tristeza, mas ao mesmo tempo teu poema me trouxe a profundidade, intensidade, veracidade e beleza do amor.
    No começo é tudo tão bonito, pena que com o tempo a gente tenha que se acostumar com o lado ruim, também.
    Nutro admiração por pessoas que conseguem escrever sobre o amor em sua fase mais sublime, como você fez: o desejar, admirar e gostar; parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Carolsinha. Pois é, coisas da vida. Mas dizem que a gente só da valor a claridade porque existe o lado escuro, a alegria, porque existe a tristeza, ao sol, porque existe a lua, a lua, porque existe o sol, rs... E assim por diante. Os dois lados se completam, faces de uma mesma moeda. Beijos, menina.

      Excluir
  16. Lindíssimo poema!!
    Parabéns Fabio belas palavras.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  17. Oi Fábio, Escreve lindamente
    Escreva mais...
    Beijos no coração
    Dorli Ramos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De novo?! Que legal! Adorei! rs. Obrigado pelo incentivo, me anima. Beijos, Dorli! Volte quantas vezes desejar, faço questão! Beijos!

      Excluir
  18. Retornei para reler e ao mesmo tempo agradecer-te pela visita no meu espaço.... Abraço amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, amigo. Não há de que, mérito seu. Abraços.

      Excluir
  19. Boa tarde Fábio..
    sempre motivados por algo a nos inspirar..
    assim somos nós poetas..
    não vivemos só de tristezas e desamores...
    muitos só nos veem assim..
    somos encantadores com as palavras..
    abraços poeta

    ResponderExcluir
  20. Querido Fábio,
    Muito obrigada pelo carinho de suas palavras, volte sempre e seja muito bem-vindo sempre que quiseres. Eu também já estou lhe seguindo bem de pertinho!
    Beijos e fica com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada, simpática escritora, será um prazer. Beijos!

      Excluir
  21. Eu aqui de novo, caro amigo Fabio Murilo, mas agora para desejar um feliz final de semana e agradecer sua encantadora e gentil visita.
    Um abraço e muita inspiração por aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, gentil, Maria Teresa. Desejo o mesmo pra você. Abraços!

      Excluir
  22. Pois é Fábio! Inspiração é o que não falta neste espaço...
    As palavras fluem como petalas sopradas ao vento...em versos sublimes de intenção e beleza...

    Gostei muito!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Cristina, muito gentil! Desaparecida? rs. Volte mais vezes. Abraços!

      Excluir
  23. Boa noite Fábio! Ficou sempre feliz em ver que tens tanta inspiração para manter teu blog, com tão lindas poesias...
    Espero que continue sempre assim!!!
    Beijos

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir