sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Simples Assim

 O que eu sinto por ti
Transcende as fronteiras,
Pretende ser estrela
Em teu céu interior.

O que eu sinto por ti
É apenas o que sinto
E consinto em existir.
É o elixir da juventude
Que me revigora
E me enche de ânimo.

O que sinto por ti
É o antônimo do que
Tenho sido.
É um frescor de fim de tarde,
É um agradável odor
De onde não se sabe.

O que eu sinto por ti
É algo sem futuro
Nem presente,
Me faz feliz simplesmente,
Inadvertidamente sorrir.

Fábio Murilo, 10.01.2014

44 comentários:

  1. Eita! Coisa boa de ler.
    Maravilhoso parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi poetisa Enide, com seu permanente sorriso e amante das musicas românticas do anos 80's, apareceu por aqui? Obrigado, bom te ver.

      Excluir
  2. Adorei ler...muito bonito e sentido

    Bom fim de semana
    Cumprimentos
    ****************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Ricardo, seus soneto também tem muito sentimento.

      Excluir
  3. Bom dia Fábio.. e quem disse que o que sentimos pelo outro tem de ser complicado.. só é se nós complicamos né.. o sentimento só é verdadeiro se nos fomos assim com ele tb abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Balbinot, acho que existe muito ai o medo de ser feliz, de se expor, de se sentir vulnerável, de se confortar com o outro "nus". Tento passar isso, essa necessidade de viver só o momento de encantamento intensamente. Noto que a felicidade imediata assusta as pessoas, como se tivessem de pagar um preço por essa ousadia que nem sempre pediram para acontecer. Obrigado.

      Excluir
  4. Você será sempre insubstituível dentro do meu coração,
    o mundo é bom e Deus é sábio e generoso pois
    faz pessoas como você atravessarem nosso caminho,
    fazendo agente mais feliz.
    Que seja sempre assim porque dessa
    maneira eu terei certeza que nunca estarei só,
    ter sua amizade é ter a benção da vida.
    Que Deus abençoe sua vida e nossa amizade
    pois o amor de uma grande amizade que nunca morre.
    Beijos e minha sincera amizade.
    Um feliz e abençoado Domingo .
    Que Jesus aqueça sempre nosso coração
    abençoando nossa infinita amizade.
    Até Sempre: Evanir.
    PS:Por Favor Não Esqueça De Mim..
    Te deixei um carinho na postagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gentilíssima Evanir, que bonito esse carinho e atenção que dispensa aos amigos. Quem semeia tão boa sementes fará sempre boas colheitas. Obrigado pelas palavras de apreço.

      Excluir
  5. Que lindo, Fábio! Pretender ser o céu interior de alguém é o sentimento mais bonito que se pode sentir. Mesmo sem futuro nem presente, te faz sorrir...simplesmente gostar, ver numa pessoa o que mais ninguém vê. Se toda a gente simplesmente gostasse, talvez tudo fluísse melhor. Tudo seria porventura mais simples. Assim, sem um verdadeiro presente, é um gostar a que temos que impor limites. Mas o amor "desinteressado" é sempre encantamento.
    Continuas a escrever muito bem, Fábio.
    xx

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde Fábio Murilo

    O teu poema é tão bonito que até faço de contas que é para mim.... Está divino. Parabéns

    Beijo, bom fim de semana

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Respostas
    1. É... Afinal é um poema romântico. rs... Obrigado.

      Excluir
  8. Sentimento lindo esse. Ah, Pretender ser estrela do céu interior do outro! *---*
    Lindamente escrito Fábio!

    ResponderExcluir
  9. Lindo e envolvente! Amei :)))
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Fábio... belíssima apresentação. Como sempre, vc se dispõe a emocionar e consegue. Parabéns!!!!!!!!!!

    ATT

    ResponderExcluir
  11. Amigo Fábio como todos aqui disseram, de certo conseguiu encantar- nos com está tua linda, pura e amorosa composição. De fato que seu estilo não é esse, mas os sentimentos a poesia nos faz ir além, e nessa composição amigo você foi além e nos brindou com essa pérola !

    Amo poemas de amor que nos passa a verdadeira essência do amor, que é a pureza do primeiro momento, do primeiro olhar, da primeira conversa... O pedido de namoro, quando os apaixonados dizem : Quer namorar comigo ?
    E por um lado vi em sua composição um sentimento que faz feliz simplesmente por existir, seria algo impossível, mas ao mesmo tempo no coração possível e traz alegria !

    Beautiful !!! <3

    Beijos !

    Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou bonito, Fernanda. Você, melhor que ninguém pra falar, comentar sobre romantismo, esses assuntos do coração, poetisa do amor. Foi uma honra receber sua visita em meu blog e saber de sua aprovação. Beijos!

      Excluir
  12. Hoje conheci este teu blog. Sem demora, li muitos dos teus poemas. Confesso que os achei importantes encontrando neles analogia de mim. Parabéns!!!
    Um grande abraço desde Lisboa-Portugal.

    Paulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Obrigado Paulo. Apareça mais vezes, a casa é sua.

      Excluir
  13. Quanta leveza.
    Eu facilmente caminhei por entre tuas linhas, encontrei amor em cada letra.
    a cada verso uma imagem foi se formando, tão doce, vai fundo da gente.
    Uma gostosura de ler e reler.

    Beijos.
    eraoutravezamor.blogspot.com
    semprovas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal moça, sinto-me realizado em ter causado tão boas impressões. O poema cumpriu sem objetivo. Grato!

      Excluir
  14. ''O que eu sinto por ti
    É algo sem futuro
    Nem presente,
    Me faz feliz simplesmente,
    Inadvertidamente sorrir.''

    Gostos desses sentimentos que não sentenciam certeza alguma. Sem rótulos, pretensões...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim é a vida, assim são as pessoas, Helen. Imprevisíveis, incertas.

      Excluir
  15. É isso, menino de ouro, é apenas sentir, muitas vezes nem lógica tem, mas é apenas deixar correr, simples assim. Mas verdadeiro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso ai, Tais Luso, deixar correr, não adianta procurar entender, sentimento não se explica, sente-se ou não. Ou procurar enganar-se, sufocar a emoção em nome do bom senso, da razão. Obrigado.

      Excluir
  16. "É apenas o que sinto".
    Fábio, ler seus escritos é sempre uma delícia. Sentimentos são tão simples e tão complexos ao mesmo tempo.

    Beijos,
    Sorteio de livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Nina pelos elogios. Beijos.

      Excluir
    2. Quem nunca sentiu essa coisa sobrenatural, não sabe o que é viver com o estômago revirando.
      Amor sempre mexeu comigo.

      Saudades aqui

      Excluir
    3. Oi, Srª Nathalia, a quanto tempo! Como diz Djavan: "O amor é um grande laço, um passo pr'uma armadilha. Um lobo correndo em círculos pra alimentar a matilha. Comparo sua chegada com a fuga de uma ilha:
      Tanto engorda quanto mata feito desgosto de filha". Obrigado.

      Excluir
  17. Entrei em seu outro blog e estranhei, mas consegui localizar este (rss).
    Poder sentir já é um presente que nos faz felizes. Esse bem querer inexplicável é sonho e um céu. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rs... Estranho mesmo, mas conseguiu. Obrigado pelo comentário.

      Excluir
  18. Fábio, navegando encontrei seu espaço. Muito bom. Irei voltar mais vezes, muita coisa chamou a atenção. Parabéns pelas ideias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Dimas! Sempre que navegar passe por aqui!, rs... Fique a vontade e seja bem vindo! Obrigado.

      Excluir
  19. Que lindo!

    sentimento-usado.blogspot.com

    ResponderExcluir