sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Cruzou por Mim... Fernando Pessoa/Jô Soares

2 comentários:

  1. Belíssimo poema de Álvaro de Campos. O ser vadio e à margem como", na forma de ser " isolado na alma". Um poema de uma grande lucidez e realismo.
    "Romantismo sim, mas devagar..."...:-)
    Muito bem dito pelo Jô Soares.
    xx

    ResponderExcluir