sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Reciprocidade


Afinidade é coisa elaborada
Como arranjos de flores.
É um primeiro instante,
Com a estranha sensação
De já ter ocorrido antes.

Afinidade não tem explicação
É uma em um milhão,
Um prêmio, um achado.

A quem se descubra surpreendido
Quando se vê no outro refletido.
Tão parecido que assombra,
Mas aproximado que sombra,
Incrivelmente assemelhado.

 Fábio Murilo, 13.09.2014

38 comentários:

  1. Bom dia, Fábio

    Lindo e verdadeiro poema. Gostei

    Beijo e um sábado feliz
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. É mesmo, a afinidade é algo que se aufere aos primeiros minutos. Como se já conhecessemos aquela pessoa há muito tempo. Não se explica como dizes, por ser algo de intuitivo. Sabemos que existe uma sintonia, que raramente acontece, mas quando acontece é verdadeiramente mágico. Afinidade existe quando nos reconhecemos no outro.
    "Afinidade é coisa elaborada como arranjos de flores". Muito bonito, Fábio.
    Elaborada sem sê-lo.
    Bom fim de semana!
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confirmou a ideia do poema, Laura, obrigado!

      Excluir
  3. Bem verdade poeta..
    as vezes pessoas entram em nossa vida e tudo parece tão harmonizado.. tudo se encaixa.. e outras as pessoas saem correndo rsrs
    energias que não estão vibrando iguais acontece isso.. abraços e até sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, por isso é tão inédito, tão surpreendente. Abraços, Samuel. Obrigado.

      Excluir
  4. Tuas palavras são sempre muito fluidas, como se tu estivesses pensando e as escrevendo instantaneamente. Como num surto de inspiração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabi, explicitou muito bem. Obrigado. Queria que fosse sempre assim, que as palavras saíssem sempre fáceis, domadas, entregues, instantâneas digo dizes. Como um surto, com ou sem susto, caíssem feitos frutos maduros adocicados, sumarentos. Obrigado.

      Excluir
  5. Em qualquer relacionamento, quando não há alguma afinidade, o negócio cai por água abaixo. Os semelhantes sempre se atraem, e não o contrário como se dizia há anos: que o que um não tem, o outro supri. Não mesmo!!!
    Gostei do tema escolhido!
    Beijo, Fábio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito, Tais Luso, também penso assim, que legal! Esse negócio de os oposto se atraem?! Só se for pra brigar, oposto é oposto, contrario do outro, não dá. Ou como se diz: "Dois bicudos não se beijam". Abraço!

      Excluir
  6. Exatamente com você disse, Fábio...É quando duas auras afins se encontram, vibrando na mesma nota, dançando no mesmo compasso...
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é harmonia, empatia, graça. Shirley. Beijos!

      Excluir
  7. Ei, Fábio! Queria ter visto as atualizações antes, mas estava viajando e só pude ver e comentar hoje. É até chato de comentar porque eu sempre gosto do que você escreve, mas puts, esse poema se superou! Que rimas inesperadas, bem casadas, parabéns.
    A afinidade não se explica, simplesmente se sente, assim como as melhores sensações da vida!

    Parabéns novamente, ficou ótimo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola, Carol! Super amável como sempre. Obrigado pelas palavras elogiosas. Abraço.

      Excluir
  8. É isso sim, como empatia...
    E é bom... :)

    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso. Empatia, sintonia, reciprocidade, afinidade. Abraço, Daniel.

      Excluir
  9. Sei bem como é isso... essa questão de afinidade.
    E entendo que isso é importantíssimo para que haja sintonia tanto em um relacionamento, quanto em uma amizade.
    Havendo afinidade, tudo se sintoniza quase que perfeitamente, a convivência se torna muito mais agradável.

    Ficou maravilhoso seu poema Escritor e Poeta Fábio Murilo!

    Beijos no coração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fê. Afinidade é tudo, é importantíssimo! É o oxigênio, o perfume do relacionamento entre dois seres simpáticos. Obrigado, Beijos!

      Excluir
  10. Muito bom Fábio! Afinidade é raridade!

    Grande Abraço

    ResponderExcluir
  11. Que lindo poema!! Sempre fico encantada com teus escritos. São belas linhas carregadas de grandes significados. Afinidade é mesmo o que aproxima duas pessoas, talvez para toda uma vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nanda, obrigado pelas elogiosas palavras. É isso mesmo, afinidade não tem limite, enquanto durar o apreço, o respeito mutuo, o cuidado extremado com o ser identificado, a consideração, o respeito, seguira. Regada como uma planta, será um elo forte entre duas pessoas que se admiram. Abraço!

      Excluir
  12. Perfeito, Fábio!
    Resumiu com talento!
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  13. OI FÁBIO!
    A AFINIDADE, TÃO BEM RETRATADA AQUI EM TEUS BELOS VERSOS E DE FORMA PERFEITA. ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Belas palavras, Fábio!
    É tão bom quando descobrimos possuir afinidade com alguém, e assim termos com quem dividir uma parte de nós mesmos.. E tal cumplicidade temos com poucas pessoas, talvez por isso seja algo tão especial.

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ótimo! Perfeito tudo que disse, Vane, é exatamente isso. Abraços!

      Excluir
  15. Boa noite Fábio

    Mas que existem afinidades, lá isso existem.. O teu poema está fantástico

    beijinhos bom fim de semana

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  16. Boa noite, Murilo.
    Você falou muito bem sobre afinidade, é algo que realmente não tem uma explicação exata, que apenas acontece e nos sentimos muito bem.
    Leve e suave.
    Não precisou enfeitar para dizer o que realmente sentia em versos tão lindos.
    Parabéns.
    Linda semana de paz.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, afinidade acontece ou não, não tem explicação. Obrigado.

      Excluir
  17. A afinidade é um fenômeno simplesmente enigmático, magnético, transcende qualquer entendimento. Almas que se esbarram, se reconhecem e se enlaçam. Sua arte, poeta, é apaixonante. Tenho bastante afinidade com ela (riso). Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Lu. É, realmente, como eu disse, afinidade não tem explicação, é uma em um milhão. Obrigado pelo gentil e amável comentário. Beijos!

      Excluir
  18. Lindo, lindo, lindo!
    Quando encontramos alguém assim parecido conosco nossa é tudo de maravilhoso na vida.
    Parabéns Fábio Murilo, por mais essa preciosidade poética.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é , disse tudo, Maria Tereza. Obrigado.

      Excluir